top of page

Leituras

insta.png
lelivros cor (1).png
leituras_0.png

Os Miseráveis - Victor Hugo

"Não ser ouvido não é razão para silenciar-se"

 

Talvez com essa frase Victor Hugo resumisse a sua famosa obra "Os miseráveis".


Romance intenso e imenso, o livro surge como um protesto. Hugo queria escrever uma história que protestasse contra as condições sociais existentes na França da época.


Seria essa, inclusive, a função do livro e da arte para ele - a função de transformar, de conscientizar, de suscitar nas pessoas a empatia e a vontade de combater as mazelas do ser humano: o sofrimento, a pobreza, a ganância, a injustiça.


Acusado de ser um livro "perigosamente revolucionário" ou "extremamente sentimental", o detetive Javert, a prostituta Fantine, o criminoso Jean Valjean e a órfã Cosette são alguns dos personagens que através de suas histórias de angústia e amargura provocaram mudanças reais na sociedade francesa da época e ajudaram a elevar a consciência social do povo como um todo.


Porém, o livro transcende a sociedade francesa da época. Ainda nos dias de hoje, é impossível não ser tocado pelas palavras de Victor Hugo. Costumo dizer que se não fosse escritor, teria sido um excelente professor. De forma muito didática, através da sua narrativa em "Os Miseráveis", ele dá uma verdadeira aula sobre o que é empatia e porquê precisamos dela. Nesse sentido, Victor Hugo é um dos autores mais atuais do nosso tempo.



 

Gostou do livro?


Compre pelo meu link na Amazon: https://amzn.to/3g2mhLr

E apoie o Gigi Dá Aulas!⁣


Comments


bottom of page